Blog

A voz do Mercado – Bosco Couto

23/10/2017   publicado por: Sobral Gráfica

Sempre com um novo desafio à sua frente, o Consultor de Marketing é, sem dúvidas, um profissional que carrega muitas experiências ao longo da carreira. E não poderia ser diferente com Bosco Couto, que compartilha um pouco da sua trajetória nesta edição. O Marketing sempre despertou-lhe interesse, desde a época em que cursava Administração, quando as disciplinas relacionadas ao tema eram denominadas de Mercadologia ou Comunicação. Sua experiência profissional iniciou-se ainda no período universitário, mas no ramo do Marketing seus primeiros passos foram como assistente comercial numa construtora. “Em pouco tempo cresci e criei o Departamento de Marketing da empresa. Com vinte e quatro anos eu já era Diretor de Marketing de uma grande construtora aqui em Fortaleza”, conta. Mas, foi após um período estudando em Barcelona e repensando a vida bastante intensa para a pouca idade, que Bosco montou sua própria empresa de consultoria, marketing e estratégia, a Being Marketing.
Bosco já prestou ser viços de Estratégia e Marketing para mais de 45 empresas e organizações e destaca que cada trabalho desperta algo novo e interessante: “Alguns são mais complexos, outros mais tranquilos, mas cada um com sua história.”
Sobre o mercado de Marketing no cenário cearense, Bosco conta que existe uma “confusão corriqueira” entre marketing e propaganda. E faz questão de explicar que o Marketing tem um sentido mais amplo e abrange “Todos os pontos de contato de uma empresa que são percebidos pelo cliente, inclusive a propaganda.” E, nesse sentido, a área vem crescendo no Ceará. “As marcas estão indo além de suas comunicações e trabalhando melhor seus produtos, serviços, pessoal, pontos de venda, digital, políticas de preço, estão pensando mais”, afirma.
O consultor ressalta ainda como é importante contar com parceiros comprometidos em seus trabalhos. Ele comenta que as pessoas compram percepção de valor, marcas e sinais. “Não basta o produto ou o ser viço ser bom, ele tem que parecer bom.” Por isso, acredita que a tangibilização e a materialização da mensagem através de um bom folder, cardápio, booklet não podem ser feitos de qualquer maneira, pois falam muito sobre o que se esperar da empresa. E é onde destaca o papel das Indústrias Gráficas:“As gráficas têm um papel fundamental neste processo de percepção de valor. A qualidade, os prazos de entrega e a parceria com os criadores. O trabalho gráfico, mesmo com o crescimento do digital, é um dos braços fortes da estratégia de marketing de uma empresa.”

E para quem deseja seguir na carreira de consultoria de marketing, Bosco dá a dica: “ Conhecimento, conhecimento e conhecimento. Conhecimento variado, marketing, comunicação, psicologia, finanças, gestão, desenho. Também é fundamental curiosidade e um olhar atento a tudo o que acontece, marketing muitas vezes é uma questão de leitura do contexto e das outras empresas. Olhar para fora é tão importante quanto olhar para dentro do negócio”.